Se você pretende ampliar os negócios e iniciar uma loja virtual, ou se já está no ramo e quer alavancar as vendas, saiba que, além de uma boa estrutura de gestão, para se ter sucesso na internet é essencial investir em estratégias de Marketing Digital que criem visibilidade. E uma das ações mais eficientes em relação aos resultados são as redes sociais para e-commerce!

Só para ter uma ideia, de acordo com pesquisa divulgada pelo jornal O Globo, os brasileiros gastam, em média, 650 horas por mês acessando redes sociais. Ou seja: nosso País é o líder no tempo de acesso, exatamente 60% a mais do que o resto do mundo.

Deu pra imaginar o potencial de vendas que essas redes oferecem para aqueles e-commerces que investem em estratégias profissionais e eficientes?

Por meio de um bom planejamento, criação de estratégias e mensuração de resultados, as redes sociais trazem visibilidade, credibilidade, bons relacionamentos e, consequentemente, mais rendimentos.

Ficou interessado no assunto e quer dicas de como implementar ações em seu negócio? Então acompanhe o nosso post!

Importância das redes sociais para e-commerce

Pelo que mostramos até agora, é bem provável que seu interesse pelas redes sociais para e-commerces já tenha aumentado. E se dissermos que ele dificilmente sobrevive sem estar presente nesses meios?

Isso porque, ao contrário das lojas físicas, as quais contam com uma fachada de frente para a rua — e, portanto, pode ser vista por quem passar em frente, uma loja virtual depende de sua presença na internet para ser mais conhecida.

E é aí que entram as redes sociais: elas são responsáveis por construir relacionamentos, ampliar a visibilidade, fortalecer marcas, aumentar o tráfego do e-commerce e, com isso, gerar mais vendas.

Como otimizar o sucesso das ações

Agora que você conhece a importância de se investir nas redes sociais para o sucesso do seu e-commerce, confira 8 dicas para se ter bons resultados:

1. Antes da prática, planeje

Primeiramente, antes de colocar qualquer ação em prática, é preciso elaborar um bom planejamento.

Isso se faz por meio de algumas respostas que sua empresa precisa ter, como os objetivos de estar presente nas redes sociais, o público a quem se pretende atingir, que tipos de conteúdos serão postados e quem será o responsável por isso.

Tratando-se de boas estratégias de Marketing Digital, um bom planejamento é essencial. Por isso, vale investir em bons profissionais ou agência especializados, os quais irão guiar as ações do e-commerce desde o início, de forma que ele não seja mais um perfil sem grande relevância nas redes.

2. Escolha as redes sociais mais apropriadas ao seu negócio

De nada adianta sair “atirando para todos os lados”. Depois de detectar seu público-alvo e definir os objetivos do seu e-commerce, é o momento de analisar as redes sociais mais importantes, verificar o perfil de cada uma delas e quais mais combinam com os seus potenciais clientes.

Porém, uma das ferramentas em que muito provavelmente o seu negócio se encaixa, é o Facebook. Ele é a rede social mais utilizada do mundo e, portanto, tem uma enorme abrangência. Dificilmente o seu público não estará lá!

3. Ofereça conteúdos de valor

Essa é uma das regras mais importantes quando se trata de bons perfis em redes sociais. Não adianta ter uma página no Facebook, por exemplo, e só fazer postagens comerciais e pouco atrativas.

O que vai acontecer é que seus seguidores podem cansar de tanta propaganda e deixar de seguir a página. Portanto, é essencial investir em conteúdos chamativos, interessantes e que façam o usuário ter vontade de continuar seguindo as páginas do seu negócio.

Dessa forma, ele poderá ser fidelizado e as chances de efetuar compras ao longo do tempo são maiores.

4. Interaja com seu público

Se o usuário curte e segue as páginas de um e-commerce nas redes sociais, é porque ele se interessa pelo que a empresa tem a dizer e espera ter suas interações respondidas. Afinal, quem não gosta de atenção? Com o seu cliente isso é não diferente. Portanto, sempre responda à publicações ou mensagens e seja, de fato, atencioso.

Mas seja criativo e nada de fazer interações automáticas! Converse com o cliente, entenda realmente o que ele precisa e esteja pronto para responder dúvidas, informações, elogios ou reclamações. Aliás, essa última merece atenção especial. Mostre-se preocupado e, de preferência, ofereça uma solução.

5. Use as redes sociais para aumentar o ranqueamento no Google

Hoje, quando a maioria das pessoas têm uma dúvida ou pensam em um produto ou serviço, vão até os mecanismos de busca, como o Google e, lá, fazem suas pesquisas.

E uma das formas de melhorar o posicionamento dos e-commerces nas páginas de busca é por meio  das redes sociais. Isso porque o Google interpreta que, quanto mais sites indicam para uma loja, maior é sua autoridade e, como dentro das redes sociais é possível citar e inserir o seu site, isso acontece de fato.

6. Mantenha uma frequência de postagens

Tão importante quanto criar uma página em uma rede social é atualizá-la. Isso ajuda seu e-commerce a ganhar mais visibilidade e não deixa seus seguidores sem notícias de sua empresa.

Por isso, é mais válido investir naquelas redes mais interessantes para o seu setor, e com qualidade. Ter vários perfis, mas não dar atenção a eles, sem dúvidas não é o mais indicado.

7. Invista no Big Data

O Big Data, definido como o volume de dados estruturados e não-estruturados, como é o caso das redes sociais, é um grande aliado no que diz respeito ao sucesso das estratégias.

Isso porque, por meio da análise de palavras-chave, menções, comentários e outras informações, é possível saber o que os usuários estão comentando sobre sua empresa e também sobre a concorrência. Dessa forma, a probabilidade de criar ações e campanhas de sucesso é muito maior.

8. Mensure os resultados

Para que as estratégias de Marketing Digital sejam otimizadas e eficientes, tão importante quanto planejar e implementar ações, é medir os resultados de cada ação.

Todas as redes sociais possuem painéis administrativos, os quais dispõem de uma série de informações sobre alcance, engajamento, ações na página, entre outros detalhes importantes. Esses dados são importantes para entender quem é o seu público e quais caminhos as ações devem seguir.

Esses são alguns dos elementos que fazem as redes sociais para e-commerce serem mais eficientes. Para colocá-las em prática de forma assertiva é necessário um bom conhecimento sobre o assunto, desde o momento de planejar até o final do processo.

Como comentamos no início do post, para ajudar seu e-commerce nessa tarefa, é possível contar com agências e profissionais especializados.

Quer se atualizar mais sobre o assunto? Então não deixe de conferir nosso artigo que traz dicas de como escolher o tipo ideal de marketing para o seu e-commerce!

Artigos que você pode se interessar