Você tem uma loja virtual há algum tempo e, ao analisar os resultados do site, observou que eles não condizem com a expectativa em aumentar as vendas? O que pode estar faltando para o sucesso do seu negócio é a realização do diagnóstico no e-commerce.

Mas afinal, o que é isso? É uma análise das lojas virtuais que já estão em funcionamento para verificar possíveis problemas, como baixo tráfego de visitantes, conversões inferiores ao que se pretende e mau desempenho do rankeamento nos mecanismos de busca. E é aí que entram as ferramentas de diagnóstico!

Por meio delas, é possível descobrir as origens e motivos dos problemas e, assim, encontrar soluções para cada um deles. Quer saber mais sobre a estratégia? Então acompanhe o nosso post!

Conheça 3 ferramentas essenciais para o diagnóstico no e-commerce

1. Google Search Console

Essa ferramenta busca monitorar e melhorar a presença de um site nos resultados de pesquisa. Com ele, é possível analisar como um site é visto pelo Google e seu tráfego geral, otimizar links internos, diminuir a velocidade de carregamento de páginas, entre outros benefícios.

Além disso, o Google Search Console faz a detecção de malwares e ações de hackers, e também fornece ações de teste para otimizar as estratégias. Ele oferece funcionalidades mais simples, para aqueles que não têm tanta experiência, até as mais complexas e voltadas para especialistas.

2. Google Analytics Content Experiments

Outra solução oferecida pelo Google, o Google Analytics Content Experiments, ajuda na avaliação de problemas relacionados à experiência dos visitantes nos e-commerces. Com a ferramenta, é possível realizar testes A/B, que avaliam como os usuários interagem com certos conteúdos e funções, enquanto outros interagem com uma versão diferente.

O objetivo é fazer com que os responsáveis façam um comparativo entre uma experiência e outra e avaliem qual delas é a mais interessante para melhorar o desempenho do site.

3. Gygia

Para quem tem um e-commerce, as ferramentas de diagnóstico da Gygia, empresa especializada em tecnologias digitais para empresas, podem ser uma ótima opção. A plataforma apresenta diversas soluções com o objetivo de coletar, cruzar e detectar problemas com relação aos usuários.

A partir delas, as empresas podem descobrir, por exemplo, em qual etapa de um cadastro o potencial cliente está desistindo de uma compra.

Entenda a matriz BCG

Além das plataformas, a matriz BCG é uma completa metodologia para o diagnóstico no e-commerce e merece atenção. Ela funciona por meio de uma análise dos produtos que fazem parte do portfólio de uma empresa e verificação do seu ciclo de vendas.

A partir daí, o objetivo é manter ou mudar investimentos de acordo com a participação do produto no mercado e o crescimento do mercado de atuação. Cada tipo de produto entra em uma definição:

Estrela

São aqueles produtos com grande participação mercadológica e altas taxas de crescimento.

Vaca leiteira

Produtos com crescimento moderado em mercados estabelecidos, ou seja, não precisam de grandes investimentos.

Ponto de interrogação

Como o nome sugere, são aqueles produtos que pertencem ao mercado com altas taxas de crescimento, mas que não são estáveis.

Abacaxi

Esses são os produtos que não apresentam grande participação dentro de um mercado estável.

Agora que você conhece a importância do diagnóstico no e-commerce, que tal começar a colocá-lo em prática no seu negócio? Para isso, você pode contar com a ajuda de profissionais e agências especializados, os quais podem guiar as ações e as ferramentas mais indicadas para cada delas.

Se você gostou do nosso artigo, assine a nossa newsletter e saiba mais sobre esse e outros assuntos!

Artigos que você pode se interessar